AMANHECER EM LUZ & PAZ

AMANHECER EM LUZ & PAZ
Cada novo Sol, a cada despertar é uma nova vida que se inicia, ou mesmo uma renovada-ação. A cada Sol temos a certeza do maior milagre de todos: A VIDA É VOCÊ!

quarta-feira, dezembro 09, 2009

EM TUDO VEJO VOCÊ... ( POEMA, POR: RODRIGO GOSTON D' FERNAND0

...EM TUDO EU VEJO VOCÊ...


 


EM TUDO VEJO VOCÊ...
( Autoria: Rodrigo Goston D' FERNAND )


Caminho pelos montes, estradas verdejantes e enxergo lá no horizonte...O Sol tocando as últimas nuvens desta tarde,num infinito laranja com cor de rosa. E logo em seguindo em tonalidades de um azul profundo ao índigo... e de mansinho vêm o anoitecer.
Num momento quase indescritível, de uma beleza ímpar, estampado como um quadro pintado pelo Criador e um dia sem mangnífico.

Em tudo vejo você...

No sorriso da criança, na bela, inocência e terna infância. Na sabedoria dos nossos ancestrais, nossa querida velhice com todos os seus cabelos cor de neve e leve movimentos dentro de uma grande harmonia.Das mãos suaves e pequeninas às trêmulas rugosas e macias.
Nos movimentos vigosos e joviais aos passoas mais curtos e não tão retos, mais certo e firmes.

Em tudo vejo você...

Nas minhas madrugadas de frio em que tento me aquecer a pé da lareira, tomar o chá fervido na brasa da esperança latente. Eu me permito e me entrego ao fogo do meu coração esquentar este corpo pulsante e sentir os sons da lenha, dos galhos a se consumir e o cheiro de madeira a se queimar, de doar para em outra forma poder esquentar...matéria sólida se faz aromática. E as cinzas que veio, retornará! E neste ciclo eterno de renascimento, acolhimento, ternura e amor...

Em tudo vejo você...

Na força deslumbrante dos meus sonhos mais poéticos, na imensidão de todos os oceanos e a destreza, e agilidade dos rios caudalosos em direção ao seu destino ás águas mais profundas e ou tranqüilas.

Em tudo vejo você...

No canto dos pássaros e nas mais profundas melodias de fadas, flatas de faunos...nas harmonias das sinfonias dos ventos pelas folhas, árvores e matas atrravessar, cantar, soar, entoando notas de frescor. Mundanças de atmosfera, de novos ares, de um novo odor...cheiros de lembranças.
Percebo, o amor em todas as forças elementais transcendidas da natureza: terra, fogo, água, vento e éter,numa eterna valsa de equilíbrio e complementações...gerar a criação da vida.
Sinto o pulsar do coração da Mãe terra, no ritmo dos tambores africanos, nas danças que levantam a terra vermelha dos Xamãs das florestas, nos ruídos dos bichos...na beleza do nascimento de uma criança, no desabrochar de uma flor...no sussurro das assas do beija flor ligeiro... em todos orvalhos de sereno aos primeiros brilhos de luz em seu movimento, nascimento do dia...respiração pela vida. Início de jornada, florescente, reluzente...

Em tudo vejo você...

Em meus pensamentos mais sublimes que se dirigem a um futuro que desconheço, em meu desejo mais profundo de te enamorar, sentir-te em meus braços, tocar tua alma pelo aroma do seu corpo. Olhar na íris luminosa e brilhante...nem sei a cor...em meu ver é cintilhante! Fazer-me acreditar que cada dia é único, pois você existe; e está a me esperar. Eu lanço um poderosa âncora com a robusta corda do amor, se desprende aos confins do univeros a procurar - te, verdadeiro Amor.
Olho novamente para o céu, e a terra e agradeço a tua existência. A tua presença que mesmo como sentimento, pensamento e aspiração, jaz em realidade onde existas...Nesta busca gratificante por beber na Fonte do Amor!

Em tudo vejo você...

Na pureza do coração de todos e tudo que louvam aos céus, que fazem suas orações em silêncioso progresso, em idiomas que ainda não conheço...tenho a certeza,que todos falam à Deus/Deusa em sua magnífica unidade ascendente, assunção à luz, eternidade.
Ouço vozes que clamam a Deus, Jesus, Maria, Buda, Oxalá, Aláh... ou o nome que se dá...a essa Força Divina Amorosamente Incondicional. Eu ainda ouço você...e agradeço.
Nas preces que sobem aos confins do infinito, como a sutileza dos raios de lindo arco-íris. Ou de uma pulma de assas angélicas.
No silêncio meditatico e verdadeira maneira de cada um orar, clamar e agradecer e conversar com o Pai/Mãe.

Em tudo vejo você...

No início desta manhã, que sinto o chamado para minha joranda vir a cumprir. Nos desígnios de minha vida acordada , pela caminhada rumo ao meu destino, na ajuda e auxílio prestado e recebido ao meu semelhante, sem nada esperar...encontro a alegria presente. Deixa-me, o vazio, e preenchido de energia e vitalidade das graças alcançadas...através de um desconhecido eu posso te ver, sentir, em tua alma penetrar... em tua face percebo, o sinal de seu agradecimento, prontidão, sorrisos, lágrimas e muita muita douçura e ternura transparecer...

Em tudo vejo você...

No Amor que começa a pulsar em todo meu ser, desde a minha existência; e cresce a cada amadurecer...em tudo...em tudo...EU VEJO VOCÊ!


EM TUDO VEJO VOCÊ....( Poesia de Rodrigo Goston D 'Fernand , em 08/12/09 )


  (   http://www.youtube.com/watch?v=AG-YE8IiV5U    )

Vídeo de "Miten & Deva Premal - So Much Magnificence" Uma obra de arte em forma de som!
Beijos na tua alma,
Rodrigo Goston D' Fernand