AMANHECER EM LUZ & PAZ

AMANHECER EM LUZ & PAZ
Cada novo Sol, a cada despertar é uma nova vida que se inicia, ou mesmo uma renovada-ação. A cada Sol temos a certeza do maior milagre de todos: A VIDA É VOCÊ!

quarta-feira, setembro 09, 2015

♥ De Coração a Coração ♥: PERMITIR E CONTEMPLAR

 PERMITIR E CONTEMPLAR:



PERMITIR E CONTEMPLAR


PERMITIR E CONTEMPLAR
Por Geoffrey Hoppe
(Canalizador de Adamus)


Adoro Permitir. Eu amo ensinar o workshop Quantum Allowing (Permissão Quântica), e eu amo Permitir na minha vida pessoal. Eu já me transformei em um Permitidor Bobo Alegre.

A premissa da Permissão é simples:

• Eu sou um ser Soberano de Consciência, passando por uma experiência humana.

• Minhas experiências humanas estão cheias de limitações extremas e desafios, bem como de brilhantes descobertas e insights.


• Todas as minhas experiências humanas são destiladas em pura sabedoria pela minha alma, sem julgamento ou remorso.

• A iluminação é a integração total do humano e divino, bem como de todos os aspectos e da alma. Sem que nenhuma das partes ou peças de meu Ser sejam deixadas para trás, ou não amadas.

• A integração é um processo natural da alma. O aspecto humano não é responsável pela iluminação; o ser humano só precisa Permitir a paixão da alma.

• Agora eu posso respirar profundamente e simplesmente Permitir. A iluminação já está aqui, agora eu só posso permitir que ela seja realizado. A minha alma está apenas me pedindo para ser consciente (ter a percepção), sem força ou resistência.

• Eu permito Tudo O Que Eu SOU

Ah, Permitir! Tão simples. Tão elegante. Tão ... incompreensível. É incompreensível porque é quase que fácil demais. Eu tenho um estranho desejo de trabalhar na minha iluminação porque eu tive que trabalhar em tudo mais de valor na minha vida. Eu tenho um “aspecto merecimento” que é viciado em trabalhar arduamente para a realização.

Eu sinto que eu preciso fazer alguma coisa, qualquer coisa, para seguir em frente. Muitos anos atrás, eu meditava e eu gostei, até um certo ponto. A melhor parte sobre a meditação foi que ela me deu 30 minutos por dia para mim mesmo. A pior parte foi que ela me deu 30 minutos por dia para mim mesmo.

Eu tive bons dias de meditação quando tudo se acalmava, e dias de meditação ruins quando minha mente e aspectos me mastigavam em pedaços não importa o quantos OHMs e respirações eu fizesse.

(Recentemente me deparei com esta descrição da meditação de Jeff Foster: "O que é meditação Estar desperto e vivo no precioso momento". Ou, como Tobias me disse anos atrás, "A meditação não é algo que você faz, mas sim, está em cada respiração, cada passo e cada pensamento a cada dia.")

Permitir não é meditação. Não se trata de aquietar a mente ou tentar encontrar a calma, delicada voz interior. É simplesmente me Permitir ser eu mesmo.

Permitir não tem nada a ver com qualquer outra pessoa. Alguns Shaumbra têm a noção equivocada de que se trata de se colocar com outras pessoas ou de "permitir" a agenda ou a alimentação de energia de outras pessoas (ou seja, porcaria).

Acho que com o meu próprio Permitir eu sou na verdade, menos tolerante com as agressões e manipulações de outras pessoas. Quando eu me permito ser Tudo O Que Eu Sou, eu já não permito que outras pessoas joguem jogos de energia comigo.

Permitir se trata apenas de mim mesmo. Não se trata de permitir aos anjos ou guias espirituais ou conselhos angelicais ou mesmo Espírito. Eu não estou pedindo ao universo para fazer qualquer coisa para mim. Estou simplesmente ME Permitindo.

Apesar da beleza e simplicidade da Permissão, eu descobri que ela traz à tona uma notável e às vezes petrificante questão: Confiança.

Para mim, estar em um lugar de pura e ousada Permissão que eu tenho que deixar de ir todos os meus controles internos, compromissos e defesas. Tenho que Permitir, aberta e livremente; caso contrário, eu só estou me enganando.

Isto levanta questões como: "O que acontece se eu deixar ir, apenas para ser devorado pelas trevas?" Ele levanta a questão: "Será que eu realmente gosto de mim o suficiente para permitir mais de mim?"

Há também a questão das expectativas.
Permitir não tem expectativas, mas o ser humano certamente tem.

Em Permissão pura, eu tenho que liberar todas e quaisquer expectativas. Isso pode ser um desafio, porque eu tenho uma expectativa inerente de algum tipo de iluminação se eu Permitir. Mas é claro que a expectativa é mais de base humana, e a Permissão verdadeira é muito mais profunda do que o que o ser humano pode sequer imaginar.

A Permissão se tornou próxima e querida para mim.

Quando eu me encontro em um atoleiro mental ou psíquico eu simplesmente respiro fundo e permito, em vez de lutar com os meus pensamentos.

Quando me sinto perdido ou confuso eu respiro fundo e Permito.

Quando eu estou Permitindo conscientemente eu me sinto livre e luz. Mesmo quando eu não estou fazendo isso conscientemente, eu posso sentir a tendência sutil da Permissão aos níveis interiores mais profundos. Finalmente, depois de incontáveis vidas de busca, eu estou simplesmente Permitindo.

Permitir não é uma ferramenta ou um programa.
Não é um remédio de salvação.

Eu não uso a Permissão para tentar encontrar um lugar no estacionamento.
Eu não uso a Permissão para tentar fazer a minha conta bancária maior.
Eu não uso a Permissão para curar meu corpo ou me fazer mais inteligente.
Eu não uso a Permissão para salvar o planeta ou trazer de volta os anciãos Lemurianos.

Estas seriam manipulações com a pura Permissão.
Estou apenas Permitindo a mim mesmo... o Soberano Ser de Consciência que eu sou.
Nada mais, nada menos.

Nós recentemente filmamos o workshop Quantum Allowing (Permissão Quântica) no Centro de Conexão do Círculo Carmesim no Colorado. Adoro facilitar a experiência Quantum Allowing.

Adamus estava em sua melhor forma (porque eu estava Permitindo), a música ao vivo de Yoham era divina, e os participantes estavam totalmente sintonizados. A energia na sala era palpável, estava plena, calorosamente dourada e harmoniosa. O workshop foi uma dessas ocasiões especiais, quando a linha da assinatura de Adamus, "Tudo está bem em toda a criação", foi mais do que palavras. Foi a realidade.

Portanto, antes de ler qualquer coisa nesta edição do Shaumbra Magazine, respire fundo e Permita.

Permita que você seja você mesmo.

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2015/02/permitir-e-contemplar.html
Tradução: Silvia Tognato Magini silvia.tm@uol.com.br
http://www.novasenergias.net/circulocarmesim/shaunews.htm
http://www.novasenergias.net/circulocarmesim