AMANHECER EM LUZ & PAZ

AMANHECER EM LUZ & PAZ
Cada novo Sol, a cada despertar é uma nova vida que se inicia, ou mesmo uma renovada-ação. A cada Sol temos a certeza do maior milagre de todos: A VIDA É VOCÊ!

sábado, novembro 29, 2014

De Coração a Coração: CURE-SE INTERIORMENTE

CURE-SE INTERIORMENTE:



CURE-SE INTERIORMENTE


CURE-SE INTERIORMENTE
Por Vinícius Francis
27 novembro 2014



Ontem eu coloquei em nossa página do Face "Os Filhos da Alva" um trecho deste texto, que é de 2013. E algumas pessoas me pediram a mensagem completa. Ela procede a de Athena, com o título "Cura Interior". Nesta época, eu tive que lidar exatamente com o que cito no texto.

Quando nos desiludimos precisamos encarar o sabor amargo de nossas expectativas frustradas. E, às vezes, esse amargor é tão forte que nutrimos ódio por alguém que nos feriu ou alguma circunstância que não foi devidamente superada. E, com isso, nos machucamos profundamente. Nossa vida e sonhos ficam presos pelo laço do rancor, da mágoa e de ressentimentos.

Por isso, se você estiver passando por esta situação, não importa o que fizeram ou o que realmente ocorreu, importa é que você pode perdoar, pegar tal experiência como aprendizado e construir uma vida diferente.

Eu fiz isso, os resultados foram os melhores e eu colho frutos dessa escolha até hoje. Não vale a pena guardar sentimentos ruins. Não vale a pena destruir a sua vida por algo que passou. Reconstrua-se e lá na frente viverá coisas muito melhores. Confie, pois comigo foi assim e com você não será diferente. Boa leitura!

A mensagem de Athena definitivamente nos “pegou de surpresa”. Nossa aliada veio trazendo um tema muito profundo e, de repente, gerou uma reflexão em nós, em todos nós que seguimos o blog e os ensinamentos, não é verdade?

Para mim foi como uma mudança brusca de rota. Sim, ser “atingido” por essas informações tão profundas, necessárias e que geralmente não nos damos conta, foi algo bem forte. No entanto, quando paramos para pensar, descobrimos o quanto precisamos nos curar de certas coisas.

Nossa vida agitada do dia a dia, nossa rotina tão complicada, às vezes, nos limita a conseguir enxergar um pouco o lado de dentro a partir de uma postura de observação e até mesmo de autocrítica.

Usamos as leis e seu aprendizado porque queremos melhorar de vida, conseguir conquistar nossos sonhos e ideais, enfim, geralmente com objetivos que nem sempre são o autoconhecimento e a melhora do estado emocional com o intuito de simplesmente nos sentirmos bem!

E nisso, erramos. Erramos feio, conosco. Porque as solicitudes desta vida moderna, o consumismo desmedido e a mania doentia de exteriorizar nossa felicidade nos condicionam a sempre enxergar a vida como algo que devemos ter, ter e ter. E não é bem isso! Viemos aqui, claro que pra usufruir o melhor do mundo. Entretanto, é preciso nos centrar no maior dos propósitos do espírito.

E você sabe qual é?
Bom, eu vou responder a você com uma pergunta, pode ser?

Então vamos lá: O que você vai levar deste mundo quando morrer?

"Ah, Vinícius, vou levar meu aprendizado, meu Eu mais evoluído, sabedoria e outras coisas que só estão do lado de dentro".

Acertou no gol! É essa nossa maior meta, ou pelo menos deveria ser.

O lado de dentro! E como anda seu lado de dentro? Você está resolvido como ser humano? Você poderia morrer agora mesmo que está certo de que não carregará nenhuma “pendência” consigo?

Nem me responda porque eu sei, daqui, que você tem um monte de questões a serem resolvidas, com você mesmo e com seu próximo.

É meu caro, a gente fica programando a vida como se ela não fosse acabar. 

Pelo menos acabar aqui, neste mundo. Achamos que nosso corpo físico é eterno! Vivemos como se o desencarne não fosse acontecer e o que é pior, nos nomeamos “Espiritualistas”, no entanto, vivemos longe da verdadeira espiritualidade. Triste e lamentável!

Fazemos como os fariseus e líderes religiosos da época de Jesus, batemos no peito, cheios de justiça própria quando nosso interior está sujo e nossas “vestes”, esfarrapadas.

Machucou alguém? Passou por cima de seus sentimentos e se magoou? Feriu a integridade emocional de uma pessoa? Mentiu? Enganou? Mal tratou? Foi injusto? Desonesto? Repare isso enquanto há tempo.

E revertendo as perguntas: Machucaram você? Brincaram com seus sentimentos? Mentiram para você e depois te deixaram na mão, como se nada tivesse acontecido? Roubaram seus sonhos? Te humilharam? Seja lá o que for, meu amigo, eu vou te convidar a perdoar, conforme Athena nos ensinou. Sim, a perdoar!

Escute aqui, do que adianta ficar remoendo?
Isso faz você se sentir mais leve?
Faz você se aliviar da dor?

"Ah, mas foi muita sacanagem, Vinícius, o que fizeram comigo!"

Bom, eu imagino! Já aprontaram comigo também e não foi só uma vez!

Agora, olhe aí para dentro de você e pergunte a si mesmo:
Está valendo a pena carregar esse lixo emocional de dor e revolta?

Se você sente vontade de se vingar de alguém, vá, faça isso! 

"Nossa, Vinícius, você está me sugerindo vingança?"

Sim, estou! Se devolver o mal feito vai te fazer sentir mais aliviado, então, vá em frente! 

Entretanto, se a pergunta fosse: Me vingar é o melhor a fazer?
Eu responderia: Não! Não é mesmo.

Porque o ódio, devolvido, dá alívio, na hora! Sim, é só um analgésico momentâneo. Logo a dor volta e volta pior porque a vingança ativa ainda mais seu ódio quando não é interrompida a tempo. Mas o perdão, corta a influência. Cessa o alimento daquele sentimento ruim que está te consumindo por dentro. Está aí a causa do câncer e das doenças que literalmente comem o ser humano.

Não se preocupe com o que te fizeram. Perdoe para se livrar da energia ruim e deixe que o outro, que te feriu, receba, pela lei da ação e reação, os frutos equivalentes, pode ser? Do que adianta nutrir essa porcaria? Sua vida está parada por causa disso. Não percebeu ainda? Sua saúde se comprometeu. Seu estado emocional anda horrível. Você tem pesadelos, sofre, chora constantemente. Pare! 

Não vale a pena sustentar algo que está destruindo você. Perdoe!
Abandone o que faz mal. Dê, literalmente, as costas.

Olha, foi isso que o Arcanjo Miguel me disse uma vez: Volte-se ao que te faz bem.

Veja, tem um monte de coisa boa que poderia estar rolando na sua vida, mas por causa do seu ódio, das suas emoções abaladas pela falta de perdão, elas não podem rolar. O mal sofrido não pode ser melhor do que o Bem que você está propositalmente negando. Perdoe! Faça isso por você. Pela sua felicidade. 

Limpe sua vibração, se purifique disso e seja honesto consigo mesmo e com seu espírito.

Não seja hipócrita como a maioria escolheu ser, não vista a veste da vaidade e do orgulho, defendendo seu ego só para manter a pose de forte. Seja humilde, reconheça que sofreu e que precisa superar isso e eu vou, para finalizar o texto, escrever umas breves palavrinhas para você refletir e dizer a si mesmo se desejar:

Eu perdoo meu passado.

Perdoo os que me fizeram sofrer e perdoo a Vida por não ter sido como eu gostaria. 

Humildemente, reconheço que minha ignorância da época atraiu experiências para me fazer amadurecer e se eu estou, hoje, aqui lendo este texto, significa que tudo o que eu sofri valeu, de certa forma. Pois me estimulou a ir por um caminho melhor. 

Eu me liberto, me curo e dispenso, com toda minha força, as energias que definitivamente não me prosperam em nada. 

Dou adeus ao que tiver que ir embora da minha jornada e me abro ao Novo, que certamente, virá ao meu encontro agora que escolhi me dar uma nova chance.


Seja Feliz,

Vinícius Francis

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar.
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/11/cure-se-interiormente.html
Fonte: Os Filhos da Alva
Grata Vinícius!